RSS

Marca Páginas – Labirinto de Kate Mosse

21 ago

Sejam muito bem vindos, meus queridos desabrigados!

Hmmm, terça-feira, dia de indicação literária, ou contra indicação, como vimos semana passada!

Mas hoje, será indicação mesmo!

Um romance histórico, ambientado na França, que conta a história de duas mulheres, separadas pelo tempo mas unidas, de alguma maneira, pelo destino.

Labririnto de Kate Mosse venceu British Book Award de melhor literatura do ano de 2005 e tem a seguinte sinopse:

“Em Julho de 1209, na cidade francesa de Carcassonne, uma jovem de 17 anos recebe do pai um misterioso livro, que ele diz conter o segredo do verdadeiro Graal. Embora Alaïs não entenda as estranhas palavras e símbolos secretos naquelas páginas, sabe que seu destino é proteger o livro. Será preciso grandes sacrifícios e bastante fé para preservar segurança do segredo do labirinto, um segredo que remete a milhares de anos, e aos desertos do antigo Egito.

Julho de 2005, durante uma escavação arqueológica nas montanhas ao redor de Carcassonne, Alice Tanner descobre por acaso dois esqueletos. Dentro da tumba escondida onde repousavam os antigos ossos, experimenta uma sensação de malevolência impressionante, e começa a entender que, por mais inacreditável que pareça, de algum modo ela é capaz de entender as misteriosas palavras ancestrais gravadas nas pedras. Mas já é tarde demais, Alice percebe que acaba de desencadear uma aterrorizante sequência de acontecimentos que é incapaz de controlar, e que seu destino está completamente relacionado à sorte dos cátaros, oitocentos anos antes.”

 

Como vocês já devem ter notado é importante, para o bem entendimento do livro, conhecer a história do cátaros, coisa que a revista Super Interessante deixou muito fácil nesse link aqui.

Mas vamos logo ao que interessa:

O livro é bom e interessante mas o leitor precisa estar envolvido caso contrário vai achar o livro uma porcaria. A narrativa é rápida e vai quicando do passado para o atual mostrando a vida das duas personagens principais Alice e Alaïs.

Nunca vi uma resenha muito animada sobre essa obra, porém acho que é um pouco de injustiça, o livro foi bem escrito. A maior parte das criticas que vi é devido a riqueza de detalhes. Acho que o livro ser recheado com descrições não o empobrece nem um pouco (olhem O Senhor dos Anéis), pelo contrário, acontece que, caso você não goste de detalhes, a leitura vai ficar massante isso porque em várias partes da narrativa Mosse inicia a cena descrevendo o caminho do suor dos personagens ou as gotas de perfume caindo. Eu achei bem interessante a autora fazer esse jogo para dar inicio a alguns capítulos mas claro que tem muita gente que não divide essa opinião, o que resultou inúmeras criticas.

Assim como qualquer pessoa tenho minhas partes favoritas, e, quem leu ou vai ler o livro, acredito que concordará comigo quando afirmo que as melhores partes do livro são quando a história é ambientada na Idade Média, isso porque acontecem mais intrigas, mortes, perseguições e as barbáries são mais evidentes. A realidade de Alaïs nos é exposta de uma maneira mais crua fazendo com que ela fique mais envolvente.

Alice não deixa de ser atraente ao olhos dos leitores, no entanto, sua realidade é um pouco morta; enquanto Alaïs quase morre em cada capítulo Alice só passa por essa experiência mais no final do livro; fazendo com que os leitores simpatizem mais com a outra época, até porque ela conta com personagens e armações muito mais interessantes.

É muito fácil ler esse livro. Ele é rápido e a história é algo que não é novo, tornando o entendimento acessível.

O Santo Graal já é figurinha repetida no universo literário porém Kate Mosse conseguiu inovar um pouco nesse gênero há muito explorado fazendo com que a leitura flua de forma mais homogênea e menos exaustiva.
Para aqueles que não sabem o que ler… esta aí uma recomendação que, acredito, vai agradar muita gente.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em agosto 21, 2012 em Livros

 

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: