RSS

Pipoca com Manteiga – Drácula de Bram Stoker

08 nov

“No século XV, um líder e guerreiro dos Cárpatos renega a Igreja quando esta se recusa a enterrar em solo sagrado a mulher que amava, pois ela se matou acreditando que ele estava morto. Assim, perambula através dos séculos como um morto-vivo e, ao contratar um advogado, descobre que a noiva deste é a reencarnação da sua amada. Deste modo, o deixa preso com suas “noivas” e vai para a Londres da Inglaterra vitoriana, no intuito de encontrar a mulher que sempre amou através dos séculos.”

 

Hoje, como todos já devem saber, inclusive pela comemoração na página do Google é o 165° aniversário do Bram Stoker, a mente que deu origem ao Drácula.

Como eu já expliquei aqui quem deu origem a lenda de Drácula e, consequentemente, foi a inspiração para Stocker não vou me demorar mais em explicações desnecessárias. Vamos direto ao filme, propriamente dito.

Na verdade, cada um tem uma opinião diferente sobre cada filme que assiste, porém alguns são unanimes; Drácula de Bram Stoker é um deles.

Sobre a história eu acho que é desncessário comentar, o filme foi completamente baseado na obra de Bram Stoker e com 2h e 7 minutos de duração podemos dizer que os produtores foram bem fiéis à história original de Stoker.

Os atores foram muito bem selecionados, principalmente o Drácula. Aquele velho mete medo por si só em qualquer pessoa, imagina como Drácula.

Uma das coisas que eu gostei mas que, talvez, muita gente ache que quebra o desenrolar da trama é que as vezes vai alterando de passado para presente ou de um personagem para outro, completamente diferente; para explicar a história. Eu gosto mas sei que tem muita gente que prefere uma trama mais simétrica.

Eu gostaria de dar uma atenção especial aqueles efeitos com as sombras, que achei muito bem pensados. Uma hora Drácula esta conversando amigavelmente com o Jonathan enquanto sua sombra esgana-o. Achei ótimo.

Uma das coisas que mais gosto nesse tipo de filme é que sempre tem um motivo para os caras se tornarem o que se tornaram. Na maior parte das vezes é por mulher (Oooohnnn que romântico) ou por amor, se preferir. Sério, se você ainda não notou preste atenção. O Darth Vader só virou Darth Vader para tentar salvar sua mãe e a Padme; Drácula se tornou Drácula depois da morte de Elizabeth, em O Alienista tudo o que se passou foi porque um roubou a namorada do outro e em O Grande Truque, nós temos outros dois brigando um com o outro porque tinha mulher no meio e, obviamente, a Guerra de Tróia, se não fosse Helena vai saber se gregos e troianos não estariam bebendo um bom vinho juntos.

Isso me faz pensar que, talvez, as mulheres sejam o motivo de todos os males do mundo, mas também das grandes mudanças (tenho que defender meu lado, né). Falando sério, agora, sem feminismo, e muito menos machismo, se não fosse pelas mulheres, muitas cagadas, em várias histórias poderiam ter sido evitadas maaaaas aí não teria história né, então um viva para as mulheres!

Todo filme, livro, série, seja lá o que for tem um personagem chato. Eu acho que em Drácula a mais irritante, pelo menos no início é a Mina, com todo aquele mimimi mas tudo bem, se não fosse por ela a história seria outra e depois ela fica divertida.

O filme foi dirigido pelo Francis Ford Coppola que é o cara que dirigiu nada mais, nada menos que O Poderoso Chefão (ô currículo hein!) portanto é dispensável eu comentar sobre fotografia, figurino, atuação etc. Com um nome desse peso na direção é obvio que nesse sentido a trama esta impecável.

Drácula é o filme mais marcante no que diz respeito as lendas vampirescas. E o melhor de tudo é que é, realmente, um filme de vampiros, que matam, gostam de sangue e não tem medo de dar bebezinhos para suas esposas se satisfazerem com carne fresca.

Um último comentário a respeito do longa. O que foi aquele final, minha gente? Sério, aquilo foi inesquecível. Claro que não vou contar aqui o final porque sei que tem gente que ainda não assistiu mas, sem brincadeira, é memorável; para quem ainda vai assistir preste muita atenção nas cenas finais; são ótimas.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em novembro 8, 2012 em Filmes

 

Tags: , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: