RSS

Marca Páginas – Banquete com os Deuses

27 nov

Gente, hoje o dia esta sendo uma correria danada, mas ainda assim deu pra fazer um esforcinho e publicar aqui no Caracol. Contarei para vocês o dia de hoje em um outro post, que, espero, estar pronto em breve, mas até lá vamos a sugestão literária de hoje

“ Com seu humor e talento habitual, Veríssimo nos oferece textos deliciosos sobre alguns de seus prazeres, como cinema literatura e música. Em “Banquete com os Deuses”, o escritor gaúcho divide com o leitor 73 crônicas divertidas, ternas e peculiares sobre sua relação com a arte e a cultura.”

Acho que todos vimos nos jornais que o Luis Fernando Veríssimo esta com alguns problemas graves de saúde. Foi por esse ocorrido que decidi escrever sobre um livro desse lindo e amado escritor gaúcho que ele é.

Em O Banquete com os Deuses, Veríssimo dá sua opinião sobre as mais diversas formas de cultura e como ele as encara e as aprecia. O escritor fala, no livro, sobre música, filmes e literatura daquele jeito sempre irreverente e gostoso; costumeiro dos livros do Luis Fernando Veríssimo.

Eu adorei esse livro, desde a capa até a orelha. A capa é magnífica, alguns podem discordar mas eu achei de muito bom gosto aquela capa preta, escura, dá um ar mais sofisticado ao livro; as crônicas, não precisa nem comentar né, todas elas trazem as impressões de Veríssimo sobre diferentes formas de cultura e são todas muito boas.

Algumas música que ouço, eu conheci depois de ler esse livro assim como vários livros que li passaram a ser vistos de outra perspectiva.

A cronica que mais me marcou foi aquela em que Veríssimo comenta sobre o livro “O Apanhador no Campo de Centeio”; eu tinha uma imagem daquele livro, uma forma de avaliá-lo e depois que eu li a cronica de Veríssimo sobre a obra eu pensei: Cara, ele tem razão. Reli a cronica mais três vezes e estou esperando completar os meus quarenta ou cinquenta anos para ler O Apanhador no Campo de Centeio mais uma vez, seguindo os conselhos do Veríssimo.

Ok, mas porque você deveria ler um livro desse?

Simples, esse livro fará com que você dê uma viajada em todo um universo cultural que esta a nossa volta. Você vai conhecer muita coisa legal e aprender a criticar um pouco mais aquilo que achava um máximo. Esse livro ensinou a mim, e certamente fará o mesmo com você, a ser uma pessoa mais “cri-cri” com tudo o que lhe é proposto. Você vai sair um pouquinho da zona de conforto e começar a ver que aquele filme ultra foda, não era tão bom assim e aquele que você achava uma bela de uma porcaria tem lá sua beleza.

Outra coisa que pode ser um ponto a favor para ler esse livro é descobrir novas coisas. Eu descobri vários filmes e músicas diferentes, quais achei muito bons, quando li esse livro, você pode se deparar com a mesma surpresa!

Sei que sou suspeita para falar da família Veríssimo, até hoje nunca falei mal nem do Érico e nem do Luis Fernando mas, na boa, não tem o que falar mal. Eles são extremamente talentosos, escrevem muito bem e conseguem fazer com que você pense um pouco diferente. Acho um máximo ler os ‘Veríssimos’; são estilos bem diferentes mas ambos são ótimos e bem estruturados.

Gente, leiam Banquete com os Deuses que não há arrependimentos, e vamos aproveitar que estamos no assunto Veríssimo e torcer pela melhora desse grande escritor brasileiro… que ele ainda possa nos dar muitos motivos para rir com suas crônicas!

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em novembro 27, 2012 em Livros

 

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: