RSS

Cheguei!

04 jan

Olá homelesses!

Quanta saudade eu senti de vocês, mas acho que vocês conseguem entender o porque eu não tenho publicado nos últimos dias. Siiiim! Estou na Europa, na Alemanha mais especificamente. Meu intercambio é em Portugal mas eu acabei vindo antes para passar um tempo como turista e com algumas pessoas, que já estão aqui.

Acho que hoje vocês não estão interessados em saber de livros ou filmes, correto? Acredito que a curiosidade é mais para saber como estão sendo os meus dias por aqui. Vou começar beeem do início, então.

Dia 27 de dezembro de 2012 as 8:58h da manhã, chuvosa em Curitiba, eu embarquei no voo da Gol com destino a Guarulhos, em São Paulo. Lá eu teria que esperar cerca de 7h pelo próximo voo, com destino a Lisboa, para minha sorte um amigo resolveu ir me fazer companhia no aeroporto, que lindo ele não?! O dia passou mais depressa dessa forma. As 17:10h eu embarquei no voo TAP – Portugal com destino a Lisboa. O voo foi maneiro, tinha televisão com vários filmes, séries, jogos, músicas e muitas outras viadagens. Acho que assisti uns dois filmes e uma temporada e meia de Game of Thrones – os jogos eram muito chatos.

As refeições da TAP estavam muito boas, no jantar eu comi peixe com molho vermelho, arroz, salada de azeitonas, alface, palmito, champignon e ervilhas e de sobremesa uma espécie de pavê em escala superior. Além disso, haviam uns pãezinhos com geléia e manteiga quais deixei de lado pois não aguentava mais comer. Aaah sim e toda hora as aeromoças passavam com sucos, vinhos, água, refrigerantes, e outros tipos de bebida para nos oferecer. Nunca tomei tanto suco na vida.  No café da manhã tinham frutas, geléia, sanduiche e croissant, além das bebidas para escolher.

Mas beleza, durante o voo foi tudo bem, passamos por leves turbulências mas nada para se preocupar. Cheguei no aeroporto de Lisboa e tive que andar uns 3km, sem brincadeira, desde o portão de desembarque até o controle de passaportes, cheguei lá bem de buenas, esperei na fila por uns 10 minutos e aí chegou minha vez de apresentar os documentos.

Todo mundo acha que é complicado entrar em outro país que eles vão te deportar e tudo mais, eu estava com muito medo que isso acontecesse porque eu iria passar um tempo aqui na Alemanha antes de ir para Portugal, mas cheguei num dos agentes entreguei meu passaporte, que teimosamente fica aberto na página do meu visto, o fiscal abriu na página de identificação e perguntou se eu ficava ou seguia viagem, respondi que iria para Frankfurt e depois para Karlsruhe aí o agente viu que eu tinha um visto de moradia para Portugal e perguntou se eu retornaria para o país, respondi que sim, que iria retornar para estudar em Coimbra.

Ele carimbou meu passaporte me desejou uma ótima viagem, bons estudos e que eu aproveitasse a Europa. Muito tranquilo e eu quase suando frio lá de medo. Na boa, não é um bicho de sete cabeças, é só você não vir querendo fazer coisas erradas que dá tudo certo. Eu sabia cada detalhe da minha viagem, se ele me fizesse qualquer pergunta poderia responder no ato. Não vim com o intuito de explodir o país, meus motivos seriam fáceis explicar assim como de qualquer outra pessoa que não queria sacanear todo o sistema. Não tem porque tem medo da imigração se você não pretende fazer besteira.

Mas voltando à viagem, eu cheguei em Lisboa as 5:30h da manhã do dia 28, um frio desgraçado, e embarquei para Frankfurt num voo da Lufthansa as 7:40h da manhã.  Tomei mais um café da manhã, foi a primeira vez, na vida, que comi, como café da manhã, batata frita. Só na Alemanha mesmo! Além das batatas tinha omelete e um pãozinho (sim, o café da TAP estava melhor).

No voo para Frankfurt tivemos um probleminha, tinha gelo na pista de pouso, então seria arriscado para pousarmos, portanto, iriamos ficar um tempo no aeroporto de Paris, até que tivessem limpado a pista; óbvio que ninguém queria isso; o piloto decidiu, então, sobrevoar o aeroporto de Frankfurt por alguns minutos para ver se eles conseguiam limpar a pista, conseguiram. Chegamos com cerca de 30 minutos de atraso mas foi melhor do que ficar esperando no aeroporto de Paris.

Chegando no aeroporto de Frankfurt, ninguém me fez pergunta nenhuma, na verdade ninguém me cumprimentou. Fui direto pegar minha mala e foi aí que eu fiquei muito puta com os serviços aéreos do mundo. Minha mala estava toda quebrada. Ela esta imprestável, hoje, na verdade, vou sair para comprar outra mala, caso contrário, não tenho onde levar minhas roupas para Portugal. Apesar disso, decidi que esse acontecimento não iria atrapalhar minha viagem, desci até onde eu pegaria o trem para Karlsruhe e esperei. Eu cheguei no aeroporto de Frankfurt mais ou menos 12:40h o trem sairia as 13:53h e eu cheguei em Karlsruhe as 14:56h (exatamente esses horários, contadinhos, segundo por segundo).

Chegando em Karlsruhe fui visitar um dos pontos turísticos da cidade que é um castelo bem legal e tem um mirante, vale a pena, pela vista, mas os vários degraus que tivemos que subir desanima qualquer um. Chegando em casa, eu só fui tomar banho e dormir, depois disso eu e mais uma galera que esta morando aqui fomos em uma cervejaria onde eu tomei uma caneca de cerca de 1l de suco de maçã. Estava muito bom.

No outro dia, fomos para Heidelberg, visitar mais pontos turísticos, foi uma viagem muito boa, e na volta eu comi um McDonalds por 1euro. Dia 30 estávamos em 16 brasileiros com destino a Berlin, onde passamos o ano novo. Lá fiquei hospedada na casa de uma família que me tratou muitíssimo bem (mas isso é assunto para outro post). Me diverti bastante no ano novo, estamos muito animados e nem o frio conseguiu fazer com que ficássemos mais quietos, cantamos, dançamos e pulamos no centro de Berlin. No dia 02 fiz um tour pela cidade de Berlin, interessantíssimo, o guia te leva pelos pontos turísticos e explica cada um deles. O tour é totalmente gratuito você só da uma gorjeta depois, dependendo do quão bom você achou o tour. O único problema é que aqui escurece muito cedo, aí não dá para voltar nos pontos que você achou legal, por exemplo, do Muro de Berlin eu só tenho uma foto de longe porque estava escuro demais para voltar tirar outra foto, eram cinco da tarde! Apesar disso, valeu muito a pena o tour.

Cheguei ontem de Berlin e hoje vou dar uma passada no mercado e comprar uma mala. Assim que der eu publico mais aqui no Caracol para que vocês fiquem sabendo o que eu ando fazendo por aqui. Me perdoem pela desatualização deste blog, mas tentem entender! Assim que der eu tento postar algumas fotos aqui também. Hoje esta um pouco complicado, porque estou num computador diferente e me batendo um pouco com os comandos.

Beijo a todos, desejo um ótimo ano novo e nos vemos em breve com mais histórias das minhas desventuras pela Europa!

Anúncios
 

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Uma resposta para “Cheguei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: