RSS

Toledo – a cidade das espadas

19 maio

Depois do deserto e depois de Marrakech vamos, hoje, relembrar a viagem por Toledo, a cidade das Espadas.

Chegamos em Toledo ainda pela manhã e começamos a andar pela cidade muito animados, entramos em várias lojas para ver espadas e armaduras…. todo tipo de instrumento de luta que você possa imaginar e claro com sessões próprias do Senhor dos Anéis.

A cidade em si é linda, como não poderia deixar de ser, algo que foi preservado e lembra o cenário de um

Panos que haviam entre as casas, cobrindo e fazendo sombra nas ruas da cidade

Um teto, de tecido

filme medieval . Não houveram muitas paisagens nessa viagem mas isso porque a cidade era meio que um forte, ou seja as casa tampam a visão que se teria por cima dos montes, nós só temos noção do lugar quando chegamos em um mirante que tem no meio da cidade.

Entre as casas há uns panos que fazem sombra sobre a rua e achei aquilo genial, protege do sol e, quando chove, dá uma segurada no fluxo da água. A cidade ficava bem mais fresquinha onde tinham aqueles panos em cima. Achei uma ideia muito boa e me perguntei porque não há isso nas cidades mais quentes do mundo.

Visitamos uma igreja muito bonita e que não parecia ter todo o tamanho que tinha. Era, simplesmente, enorme. Infelizmente não era possível tirar fotos mas posso garantir para vocês que foi um dos lugares mais bonitos e impressionantes que já vi, principalmente por pensar que aquilo tudo foi esculpido a mão em tempos remotos.

Andando por Toledo nós passamos na frente de uma escada e, olhando para baixo, eu vi uma figura muito

Eu de braço dado com a estátua de Miguel de Cervantes

Eu e Cervantes!

conhecida,  sai correndo em disparada na direção dela, gritando para que meu amigo viesse com a câmera… bom eu vi a estátua de Miguel de Cervantes e, sério, parecia uma criança que recém ganhou uma caixa de gominhas. Eu abracei a estátua, fiz pose, tirei foto, tirei outra foto, abracei de novo, falei para meus amigos umas mil vezes que era Cervantes e divagava que, apesar de ele ter morado em Madrid, eu poderia estar caminhando pelas mesmas ruas que ele caminhou, poderia ter sentado no mesmo banco que ele sentou quando teve a inspiração para escrever Dom Quixote. Eu estava tão empolgada em ter, de certa forma, Cervantes tão pertinho que nem me toquei que meus amigos não estavam entendendo toda aquela animação; eles ainda não leram o livro do Dom Quixote e por isso não compreendiam o porque eu estava tão contente em ver a estátua daquele autor e porque, cada Dom Quixote que eu via, valia uma foto.  De buenas e exageros a parte, continuamos nosso trajeto

Eu acho que a Espanha deve ser tipo uma capital mundial das gominhas. Toda loja que entravamos, que vendiam coisas para comer, independente do estilo, poderia ser mó buteco de esquina, eles tinham uma prateleira toda colorida com as mais diversas gominhas. Sabores, formatos,  cores… um carnaval! Todas elas absolutamente deliciosas, sério, não tinha erro e eu nem preciso dizer que fui feliz entrando numa dessas lojas e que diminui um presente da minha lista, afinal eu estava presenteando a mim mesma.

Terminado o passeio turístico pela cidade nós decidimos retornar às diversas lojas que havíamos entrado e comprar aquilo que tínhamos em mente. No meu caso: uma pistola, uma espada, estátuas pequenas do Dom Quixote e do Sancho Pança e um chaveiro legal.

Eu comprei a pistola, que o cara falou que na verdade é um trabuco, em uma loja pequena perto de uma igreja que minha amiga queria visitar. Entrei na loja, comecei a olhar aí o cara veio nos atender e queria vender a arma por 52EUR (muito caro para meus padrões) quando eu e meu amigo abrimos a boca e falamos qualquer coisa, que nem me lembro mais o que, o vendedor começou a baixar o preço da arma. Ele nos dizia que era porque somos brasileiros e todo brasileiro que entra na loja dele leva alguma coisa. No fim eu levei a arma por um preço beeem mais camarada que os 52EUR iniciais.

Depois da arma acompanhei meus amigos para comprar o que eles queriam, até que foi rápido, e aí voltei às minhas compras, era a vez das estátuas… encontrei uma loja que estava com uma promoção de 20% de desconto no valor da segunda peça comprada; consegui meu Dom Quixote e o Sancho Pança por 10EUR os dois, e eles são lindos, tão lindos quanto a própria Dulcinéia.

Mostruário de Trabucos No fim faltava uma espada pequena e meu chaveiro. A espada eu pensei em levar para o Lucas e por um motivo que alguns amigos entenderão eu escolhi levar para ele uma miniatura da Espada de Odin, fiquei um pouco insatisfeita com o tamanho, achei pequena, maaaaaas é a espada de Odin, então tá valendo. E meu chaveiro, que comprei na mesma loja da espada, que é a parte de cima da roupa de um toureiro. Eu não concordo com touradas, acho aquilo ridículo, devia ser proibido, mas não posso fazer nada se é o símbolo do país!

Saí de Toledo querendo levar a cidade inteira na mochila. Vi cajados do Gandalf, artigos do Harry Potter, Senhor dos Anéis, Kill Bill, Eragon, V de Vingança, Blade, Final Fantasy, Hobbit entre muitos outros e eu quis ter trazido todos comigo mas não tinha como… ooh dó.

Acabou que trouxe o que tinha planejado e só, mas estou bem feliz com as coisas que comprei em Toledo. Gastaria bem mais, se tivesse grana, mas as vezes é vantagem ser estudante com a verba contada!

Ao deixar Toledo me decepcionei ao constatar que a cidade foi feita para que você gaste e ponto. Não há vitrine de espadasgrandes atrações turísticas no local, não há muita oferta de turismo e eu acho que poderia ser bem melhor aproveitado, no entanto, ao que parece, o foco deles é ganhar dinheiro com a venda de artigos que remetem a filmes etc e não com o turismo, pela cidade em si. Eu, se morasse lá, acho que tentaria mudar um pouco isso, é um lugar incrível e que tem muito a ser explorado e muita história a ser contada. Seria bom se alguém estivesse disposto a contar e investir nisso.

Contudo, apesar dos pesares, o passeio foi incrível e as compras ainda melhores!

 

Se você não leu e quer saber como foi o início dessa viagem doida clique aqui e aqui.

Anúncios
 

Tags: , , , , , , , ,

Uma resposta para “Toledo – a cidade das espadas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: