RSS

Arquivo da tag: idiomas

Coimbra, cada vez mais bonita

Oi oi oi… eu sei, faz muito tempo que não publico aqui no Blog mas dá pra entender o porque né?!

Minhas aulas finalmente começaram e, assim, tem aulas que são muito boas e aulas que são melhores ainda. Como fui eu quem escolheu as matérias seria meio idiota reclamar né, mas oook, a questão é que por melhores que as aulas sejam  a galera não cala a boca!!! Tem horas que dá vontade de mandar todo mundo a merda e fechar a matraca porque eu tô querendo prestar atenção na aula.

Agora que os trabalhos e provas já estão se aproximando o pessoal tá se controlando mais o que já ajuda bastante.

DSCF5053Quando eu estava no Brasil não via a hora de vir para a Europa, tudo novo, as promessas de coisas super baratas etc etc, Cheguei aqui e levei um balde de água fria porque nem tudo é tão barato assim e as coisas não são “Puxa vida, que baita diferença” , na verdade eu sinto muita falta do Brasil, da faculdade, por exemplo,  a UC, que é onde eu estudo, é muito boa mas a UFPR dá um show a parte, mesmo com as dificuldades. Os alunos da UFPR parecem ser mais cobrados que os da UC os laboratórios e estrutura da UFPR para o meu curso é mais completo etc. Mas uma coisa que a UC ganha de lavada é a biblioteca, esses dias fui procurar um livro sobre Liberdade de Expressão, achei muitos livros em Russo, Alemão, Inglês, Espanhol e sei lá mais quantos idiomas que tinha, outra coisa são os programas de aprender novos idiomas, na boa, eu não entendo como tem alunos do meu curso aqui que não falam, no mínimo, dois idiomas diferentes. Os caras são pagos para ir para outro país só pra aprender a falar… vééééiii se eu tivesse isso no Brasil, ir pra outro país, ter um professor meio que só meu pra aprender o idioma, cara, eu já estaria falando umas quatro línguas diferentes, eu acho.

Acho que sempre gostei do novo, de aventuras, de “não sei o que vai dar, mas vamos fazer” acho que por isso a ideia de intercâmbio sempre me atraiu tanto, principalmente pela chance de conhecer o novo de interagir com aquilo que é diferente. Eu gosto de coisas diferentes e quando isso envolve aprender, cultura etc etc a mistura só tende a ficar melhor.

Já que o assunto é esse… isso foi o que mais mexeu comigo aqui. O acesso à cultura, línguas, lazer e aprendizagem é muito amplo. Só para servir de exemplo eu paguei 3,50€ para assistir a apresentação de uma Orquestra Sinfônica, se minha matricula tivesse sido efetuada antes eu poderia frequentar cursos de idiomas totalmente gratuitos ou pagar 150€ por semestre num curso.

Além disso, é possível encontrar livros, bons, a 2€ em alguns lugares (aaah se eu pudesse levar mais malas pro Brasil). Esse acesso à cultura foi o que mais me impressionou aqui na Europa e eu desejo muito que o Brasil, um dia, alcance esse nível; em que ir ao teatro seja algo rotineiro, que as pessoas tenham acesso a atividades diversificadas e que elas aprendam com isso.

902371_232212950258215_471620038_o Esses dias, conversando com meu namorado enquanto andávamos na rua , eu falei que seria estranho voltar para o Brasil quando a hora chegasse; não por eu não gostar do Brasil (eu amo aquele país, sério, sou muito patriota) mas o que me fez pensar isso foi quando pesei a questão da segurança. Aqui eu e alguns amigos saímos as 23:00h tranquilos, não temos medo de ser abordados no meio de uma rua qualquer e ser assaltados e tal. Essa segurança te dá uma qualidade de vida muito grande, o sentir-se seguro é algo muito bom e esse é o meu maior medo no regresso a pátria; infelizmente não contamos com toda essa segurança no Brasil, o que é uma pena… mas fazer o que né, minha esperança de que o Brasil melhore continua forte.

Outra coisa que pode-se destacar aqui na Europa, pelo menos em Portugal, é que uma pessoa, realmente, consegue viver com um salário mínimo porque o aluguel aqui não é tão alto e a comida (itens básicos) tem um preço bem justo (eu achei)… aaah e mais uma coisa para nós, brasileiros, nos mordermos de inveja; o transporte público aqui custa 0,50€!!!!

Eu sei que já falei anteriormente que havia me decepcionado etc mas, devo admitir, que Coimbra esta ficando cada dia mais bonita para mim e espero, sinceramente, que melhore cada vez mais.

Estou sim sentindo muita falta do Brasil mas estou tentando aproveitar ao máximo essa experiência e fazer dela algo construtivo para mim.

Anúncios
 

Tags: , , , , , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: